Dezesseis Luas


Resenha Filme: Dezesseis Luas
Ano: 2013
Baseado Na obra De: Catalina Terrassa
Genero: Fantasia Romance

Sinopse:

Cidade de Gatlin, na Carolina do Sul, Estados Unidos. Ethan Wate (Alden Ehrenreich) é um estudante do terceiro ano do colegial, que não vê a hora de sair do local. Ele considera Gatlin uma cidade pacata demais, onde nada de interessante acontece, mas se vê preso ao local por ter que cuidar de seu pai, que não deixa o quarto desde que a esposa faleceu em um acidente de carro, um ano antes. Já há alguns meses Ethan é atormentado por sonhos misteriosos, onde vê uma garota desconhecida. Um dia, ele a encontra em sua sala de aula. Trata-se de Lena Duchannes (Alice Englert), uma jovem de 15 anos que está morando com o tio, Macon Ravenwood (Jeremy Irons), descendente da família que fundou Gatlin. O problema é que Macon e seus familiares têm fama de serem satanistas, o que faz com que boa parte da população da cidade se volte contra eles. Não demora muito para que Ethan se interesse por Lena, sem saber que ela e os integrantes de sua família possuem poderes. Eles precisarão lutar pelo amor que sentem um pelo outro, especialmente devido à uma maldição que assombra a união.

Resenha

Bom, Dezesseis luas é mais um filme com um romance básico de um casal jovem, porém eu ainda fui ver o filme com muita expectativa, já que adoro romance desse tipo e escrevo também para esse gênero. Mas, o que mias me chateou no filme foi o elenco principal.
O Casal: Ethan é um rapaz sonhador, esperançoso e bem Nerd. Não chamou minha atenção porque o que mais faltou nele foi charme. Lena Duchannes a bruxinha do filme consegue ser pior do que a Bella ( desculpe gente não consegui evitar, pois o que o filme tentou passar, pelo menos para mim, foi essa imagem) ela parece mais uma mosca morta, parece que tem que ter alguém lá no set que sempre tem que dizer: "Vai é assim olha para essa câmera." É estranho, pois não senti a mesma sintonia que um casal desse gênero deve ter, o amor entre eles e o desespero dela para o proteger. Tenho certeza que a atriz Emily Browning, estaria bem a caráter da personagem Lena. Pelo menos é o que eu acho.
Os Vilões: Por um outro lado amei a interpretação do tio de Lena, o ator Jeremy Irons, arrasou na cena final para quebrar o encantamento. Foi o único personagem que fez seu papel conforme a história pedira, no meu ponto de vista.
O Figurino e Maquiagem: Muito bem feitos, arrasaram os responsáveis, pois deram um ar Dark para as bruxas o que ficou bem mais moderno para nossa visão do gênero. A Maquiagem da Lena é bem feita proporcional ao tom da pele dela e do rosto magro e medroso, pois pelo menos é a mensagem que a atriz deveria passar após conhecer Ethan.
Cenário: Perfeito, principalmente o da cena final onde Lena encontra sua mãe.
O Romance: Bem escrito e mal interpretado. Pelo menos foi o que percebi.
Opinião final:
Odiei o filme, tudo foi perfeito menos o elenco, foi  o que realmente acabou com o filme. Com algumas exceções como Jeremy Irons é claro, mas se você ainda não viu o filme e acha que será como crepúsculo, tire o cavalinho da chuva. Encontrará uma mosca morta, que se apaixona por um Nerd. Mas se mesmo assim quer ver a história vá em frente, e provavelmente divirta-se.

Bom pessoal espero que tenham gostado da resenha pequena e um pouco despreparada, mas é o que achei do filme. Postarei também um vídeo falando sobre o filme. 
Beijos Tchau! 


Nenhum comentário

Postar um comentário

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger