Resenha: Branca de Neve e o Caçador

Oi gente! desculpe ter ficado esse tempinho longe. Tive alguns assuntos para resolver em meu trabalho, mas em fim, o importante é que estou de volta, e com a corda toda. \☺/ Então vamos lá.

Livro: Branca de Neve e o Caçador
Autor(a): Lily Blake
Páginas: 208
Editora: Novo Conceito

O livro de hoje é esse: Branca de Neve e o Caçador. O qual também já foi comentado no blog!
Para quem não sabe, o livro é baseado no filme e não ao contrário.
O livro narra a história de Branca de Neve, o enredo é muito diferente do costume da história do conto de fadas dos irmãos Grimm. Branca de neve é uma jovem que desde sempre foi mantida em cativeiro por sua madrasta Ravenna, um período de 16 anos, após esse tempo ela se vê em uma situação que poderia tirá-la daquele ifortúnio, e quando consegue sair do castelo que antes era de seu pai e agora é liderado por sua madrasta má, ela percorre por todos os cantos do reino até consegui sair dali, indo então parar na floresta sombria. Neste meio tempo Ravenna descobre o sumiço da garota, assim vendo o que está por vir, decide encontrá-la a qualquer custo, e não podendo ter contato com a garota ela decide chamar um caçador. O qual passa todo o resto do livro - e filme - do lado da moça.

" Em pé diante das Cinzas, em pé diante do reino. Ouça o choro das batalhas, a morte é uma boca faminta e você é a maça." Frase do livro.
Eu gostei do livro tanto quanto do filme, ambos são bons e não tenho nada mesmo a reclamar, a atriz Kristen Stewart representou muito bem o papel. Apesar de eu achar que o livro focou um pouco mais no caçador, isso faz com que eu pense mais a respeito do que já via me questionando a algum tempo.
Nesta versão do conto de fadas - que de felizes para sempre não tem nada - Branca de Neve é que tem que encontrar seu próprio final feliz.

Obs: Super indico para você que adora inovação.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger