Fail! Agora é só no lumia 520


Oi leitores e leitoras do meu blog!!!! Bom o post de hoje é somente um aviso mesmo!
É que tenho uma noticia muito chata para dar...
Bom lá vai...

Estou sem câmera :(  :( 
Pois é gente, é que a câmera que eu usava era uma câmera normal fotográfica da samsung uma st640 que parou literalmente de funcionar e não consigo mais gravar vídeos nela. Mas não vou deixar vocês sem conteúdo tá?!
É que até tudo se acertar vai demorar um tempinho, mas espero mesmo que valha a pena, pois estou olhando uma outra câmera melhor e semiprofissional que dá mais qualidade aos vídeos para serem exibidos aqui no blog! Aliás ele existe somente por vocês, então nada mais justo que dar qualidade a ele. Espero que compreendam e que não seja tão difícil assistir os vídeos da câmera, boa, mas nem tanto do meu nokia lumia 520 hihihi.
Então pessoas é só isso, beijos até mais um post.

Quadro novo no blog!

Olá leitores, que saudade me desculpe a ausência tem muita coisa acontecendo e fica difícil associar tudo, sem falar no meu notebook que está uma verdadeira m*** mas apesar de tudo estou de volta para falar com vocês meus amores!!!


Bom como permaneci muito tempo longe de vocês acho que é mais do que meu dever começar um novo quadro aqui no blog. O qual vai se chamar:

Corações de Papel.

Nesse novo quadro vou falar de filmes que foram inspirados em livros, porém somente filmes de romance é claro rsrsrs. Não prometo falar sobre os livros que inspiraram os filmes, porque não sei se vou conseguir ler todos os livros para comparação. Mas os filmes em si, terão minha opinião aqui no blog.

O primeiro filme do quadro, é: 

Ele não está tão afim de você.

Vou falar sobre ele primeiro porque é o filme que mais me fez chorar litros em uma tacada só. Gente nunca me identifiquei tanto com uma personagem como foi nesse filme, qual personagem é vocês ficaram na curiosidade. KKKK
O filme foi inspirado no livro de auto-ajuda de mesmo nome, escrito por Greg Behrendt e Liz Tuccillo que se inspiraram em uma linha de diálogo de Sex And City. Foi produzido pela produtora de Drew Barrymore, Fower Films, a qual também faz parte do elenco do filme.

Sinopse:
 Romântica incorrigível, Gigi sai com Conor, que simplesmente não liga no dia seguinte. Quando ela vai a um bar atrás do rapaz, conhece Alex, colega de quarto de Conor e que tem uma visão muito clara sobre o mundo, empenhando-se em mostrar a verdade para Gigi numa viagem ao complicado mundo da mente dos homens. Enquanto isso, Conor está enrolado com uma cantora chamada Anna, mas ela gosta mais de Ben, que é casado com Janine que, por sua vez, trabalha com Gigi. A chefe das duas, Beth, é namorada de Neil há sete anos, mas ele não quer casar. E Mary, publicitária que fará anúncios para divulgar o trabalho de Conor, só procura por relacionamentos na internet.

Opinião:


O que mais amei no filme foi a historia em si abordando o tema que mais amo na vida. Que é romance, onde não mostra casais que se apaixonam e vivem felizes para sempre. Mas sim a forma real como isso acontece. Onde mulheres bonitas e bem sucedidas não se realizam na vida amorosa, o que traz muito disso para a vida real de várias mulheres pelo mundo afora. São histórias contadas de ponto de vista diferentes, uma mulher que é casada bonita e bem sucedida em sua vida profissional está passando por uma crise em seu relacionamento, ela tenta resolver tudo e recuperar a vida a dois, mas no fim percebe que mal consegue lidar consigo mesma e que no final das contas deveria se descobrir. Onde há também uma mulher que nunca em hipótese alguma consegue ser feliz em sua vida amorosa entende sinais onde não existem e acaba entendendo que esse não era o caminho e que não perderia a esperança. 
São histórias gente, que simplesmente emocionam você pela sinceridade e simplicidade ao serem contadas, e melhor que isso é que todas as mulheres nesse filme, encontram seu final feliz cada uma de um jeito diferente. Algumas com parceiros e outras não. Além de ser regado de humor é claro o filme aborda o romance como algo não necessário para a vida de qualquer mulher, mas sim como algo natural que deve acontecer em seu tempo certo, nas hora em que menos se espera.
Para mim foi essa a mensagem que o filme passou, e adorei isso pois mudou meu ponto de vista sobre muitas coisas na minha vida amorosa.
Super recomendo pessoal e até mais um post desse quadro beijos!


Quero Ler...



Olá leitores, tudo bom com vocês?

O post de hoje é sobre um livro, que estou querendo muito ler e já está na cabiceira apesar de ainda estar na minha lista de compras literárias do mês. O livro é a Paixão Segundo G.H. de Clarice Lispector. 
Eu nunca li nada da autora, mas vi resenhas sobre esse livro e fiquei muito interessada. Só vou colocar algumas informções sobre ele e em breve estarei falando aqui no blog (ou em vídeo) sobre a compra do livro e a possível breve resenha dele.

Sinopse:

A Paixão Segundo G.H. - Considerado por muitos o grande livro de Clarice Lispector, A paixão segundo G.H. tem um enredo banal. Depois de despedir a empregada, uma mulher vai fazer uma faxina no quarto de serviço. Mal começa a limpeza, depara com uma barata. Tomada pelo nojo, ela esmaga o inseto contra a porta de um armário. Depois, numa espécie bárbara de ascese, decide provar da barata morta. Ao esmagar a barata, e depois degustar seu interior branco, operou-se em G.H. uma revelação. O inseto a apanhou em meio a sua rotina "civilizada", entre os filhos, afazeres domésticos e contas a pagar, e a lançou para fora do humano, deixando-a na borda do coração selvagem da vida. Esse desejo de encontrar o que resta do homem quando a linguagem se esgota move, desde o início, a literatura de Clarice. Mesmo sem ser um livro de inspiração religiosa, G.H. tem, ainda, um aspecto epifânico. Ao degustar a pasta branca que escorre da barata morta, a protagonista comunga com o real e ali o divino - a força impessoal que nos move - se manifesta. E só depois desse ato, que desarruma toda a visão civilizada, G.H. pode enfim se reconstruir. O escritor argentino Ricardo Piglia disse certa vez que toda a literatura pode ser reduzida a dois gêneros fundamentais: as narrativas de amor e as narrativas de mistério. Em G.H., essas duas claves básicas da ficção se entrelaçam. Pois é justamente a mistura letal de amor e mistério que chamamos de paixão. (José CAstello - jornalista, escritor e mestre em Comunicação).

Skoob         ✎ Amazon

Resenha - A menina que não sabia ler

Olá leitoras e leitores!!!Está no  ar no canal!
Livro: A menina que não sabia lerAutor(a): John HardingPáginas: 220Editora: Leya

Sinopse:A Menina Que Não Sabia Ler - 1891. Nova Inglaterra. Em uma distante e escura mansão, onde nada é o que parece, a pequena Florence é negligenciada pelo seu tutor e tio. Guardada como um brinquedo, a menina passa seus dias perambulando pelos corredores e inventando histórias que conta a si mesma, em uma rotina tediosa e desinteressante. Até que um dia Florence encontra a biblioteca proibida da mansão. E passa a devorar os livros em segredo. Mas existem mistérios naquela casa que jamais deveriam ser revelados. Quem eram seus pais? Por que Florence sonha sempre com uma misteriosa mulher ameaçando Giles, seu irmão caçula? O que esconde a Srta. Taylor? E por que o tio a proibiu de ler? Florence precisa reunir todas as pistas possíveis e encontrar respostas que ajudem a defender seu irmão e preservar sua paixão secreta pelos livros - únicos companheiros e confidentes - antes que alguém descubra quem ousou abrir as portas do mundo literário. Ou será que tudo isso não seria somente delírios de uma jovem com muita imaginação?Skoob
Vídeo da resenha abaixo é só clicar e se inscrever no canal!


Beijos até a próxima!

Resenha: Sejamos Todos Feministas

Olá leitoras e leitores tudo bem com vocês?
Hoje vou falar sobre um livro que li semana passada e gostei muito do tema e foi o primeiro do gênero que li.


Livro: Sejamos Todos Feministas
Autor(a): Chimamanda Ngozi Adichie
Páginas: 351 (Edição Kindle)
Editora: Companhia Das Letras


Sinopse:

O que significa ser feminista no século XXI? Por que o feminismo é essencial para libertar homens e mulheres? Eis as questões que estão no cerne de Sejamos todos feministas, ensaio da premiada autora de Americanah e Meio sol amarelo."A questão de gênero é importante em qualquer canto do mundo. É importante que comecemos a planejar e sonhar um mundo diferente. Um mundo mais justo. Um mundo de homens mais felizes e mulheres mais felizes, mais autênticos consigo mesmos. E é assim que devemos começar: precisamos criar nossas filhas de uma maneira diferente. Também precisamos criar nossos filhos de uma maneira diferente."Chimamanda Ngozi Adichie ainda se lembra exatamente da primeira vez em que a chamaram de feminista. Foi durante uma discussão com seu amigo de infância Okoloma. Não era um elogio. Percebi pelo tom da voz dele; era como se dissesse: Você apoia o terrorismo!. Apesar do tom de desaprovação de Okoloma, Adichie abraçou o termo e em resposta àqueles que lhe diziam que feministas são infelizes porque nunca se casaram, que são anti-africanas, que odeiam homens e maquiagem começou a se intitular uma feminista feliz e africana que não odeia homens, e que gosta de usar batom e salto alto para si mesma, e não para os homens.Neste ensaio agudo, sagaz e revelador, Adichie parte de sua experiência pessoal de mulher e nigeriana para pensar o que ainda precisa ser feito de modo que as meninas não anulem mais sua personalidade para ser como esperam que sejam, e os meninos se sintam livres para crescer sem ter que se enquadrar nos estereótipos de masculinidade. Sejamos todos feministas é uma adaptação do discurso feito pela autora no TEDx Euston, que conta com mais de 1 milhão de visualizações e foi musicado por Beyoncé.
Arquivo skoob.

Resenha:

O livro sejamos todos feministas se trata da visão da autora sobre o mundo feminista hoje, e como enfrentou dificuldades por ser feminista e como é na sua  cultura (Africana) a visão da mulher para o mundo. O livro se trata de pesos que são colocados nas costas das mulheres, pesos como o de uma mulher precisar arrumar um namorado para ser bem vista na sociedade de hoje. São aspectos que não afetam somente na visão africana, mas a de todo o mundo. 
Ela explica também que ser feminista, não quer dizer que uma mulher perca sua vaidade em nome de um gênero, não quer dizer que essas mulheres querem afrontar ou ser melhor que os homens, mas são mulheres que queres direitos iguais perante eles.

Opinião:

Gostei muito do livro, e é sim um livro que irei levar para toda a vida, mudou a minha visão sobre algumas coisas a respeito de mim e mesma e as minhas atitudes, e olhe só, descobri que sou feminista também kkk e a escrita da autora é muito simples de fácil entendimento.



Li em:
edição e-book pode ser encontrado no site: amazon.com.br

Nova Fanfic \o/

Olá pessoas!

Ultimamente estava pensando em fazer algo novo para o blog. Então tive a ideia de criar uma fanfic inspirada nas histórias vampiricas de J.L Smith. Após terminá-la (e vou terminar já adiantando para vocês) Pensei já em começar outra fanfic.
(Quão apressada blogueira que sou é claro)

Bom a nova fanfic será inspirada em um comercial que passa, a todo o momento na TV aberta e fechada, sobre os hotéis Trivago.
Nos comerciais (Porque são divididos em duas partes) mostra um casal, sendo que no primeiro comercial vemos eles se conhecerem e no segundo vemos os dois juntinhos planejando o futuro, e na segunda parte ambos viajam para Berlim.

O motivo de eu querer começar essa fanfic, é simplesmente o fato de eu achar o comercial super fofo e o casal super bonito. E já que os comerciais não nos dão uma história plausível do casal, decidi (como desesperada e instável que sou) fazer uma fanfic dando asas a imaginação sobre o que poderia acontecer com esses dois. 

O único intuito de eu estar avisando antes de começar a postar, é de simplesmente querer mantê-los ciente antes de qualquer postagem.

Beijos até lá.

Recadinho rápido

Olá lindezas dando uma passadinha rápida para um oi e um recadinho.
O blog não vai acabar \o/ ebaaa. Andei pensando muito a respeito e vi que não vale a pena acabar com ele, mas sim modificá-lo portanto, espero que estejam adeptos a mudanças e é isso. Beijos até as próximas postagens!

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger